terça-feira, 12 de outubro de 2010

Diário de um guerrilheiro

A guerra só acaba quando o propósito acaba, somos seres conflitantes, uns mais complexos que outros, e é nesse sentido que respeito o ódio, aceito o amor e desprezo o medo, por algum momento senti medo por cogitar em algum momento lhe perder, mas descobri que isto é algo praticamente impossível de acontecer, pois você é parte daquilo que eu sou, e por isto lhe agradeço por me construir, resgatar, apoiar e dedicar parte de você para mim.


Sempre precisei de um propósito pra me sentir vivo, por isto procurei acreditar em algo sobre humano que emanasse de dentro para fora e contagiasse a todos ao meu redor, por este motivo sempre evitei a omissão procurando encontrar com a razão dobrando a esquina para que ela colocasse um fim na minha missão.

Depois de perceber o que era inevitável, tentei retroceder, mas não tive como fazer, pois o meu código de conduta me impede de recuar, não posso simplesmente parar e ir de encontro ao destino pegando um único atalho para me sentir tranqüilo, e deixar de viver as etapas que me são trilhadas. Gostaria de lhe dar tudo aquilo que não tenho, que não possuo, ou até mesmo o que pretendo ter, mas não posso mais trancafiar isto comigo, pois sou obrigado a sair do meu exílio, por não poder me omitir quando certeza tenho e desprezo o medo daquilo que sinto, sou e me permito ser. Pois acredito que o Pathos (emoção) do qual tanto fugi me encontrou lá na esquina pra me acertar a alma, me fazendo prisioneiro do meu próprio querer. Não posso me esconder, pois tenho uma missão, que apesar de não acreditar mais na função dela, dependo disto pra sobreviver; não gostaria de sentir o que sinto agora, queria apenas me libertar deste ethos (autoridade), mas a única forma que encontrei de fazer isto é não produzir mais os monstros com o sono do logos (razão), pois eles alimentam uma força maior que desarmoniza o meu ser, do que fui antes, do que sou agora e daquilo que nunca vou ser, Entendo que para acabar com a minha missão, não é necessário completar todas as etapas dela, mas somente dormir, pois só encontrando com Morpheus (Deus do sono), é que encontrarei a paz para por fim a uma guerra que acontece dentro de mim, sendo que a guerra que encontro do lado de fora e combato vorazmente, é a única forma que tenho de manter o meu propósito diante do medo que encontro na face de todos que tem como único propósito a si mesmo.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Notícia camuflada...

A Rede Globo mais uma vez manipulando a opinião pública, e ainda reivindicando a liberdade de imprensa para evocar os seus próprios interesses dizendo que é a manifestação da liberdade de expressão da população brasileira, tentando confundir e persuadir o povo através da informação deturpada, inverídica e viciada. Se já não bastava nas eleições de 1989 a Rede Globo manipular o debate político a favor do candidato Fernando Collor contra o Lula, agora mais uma vez se repete a cena nas entrelinhas das suas reportagens políticas nas eleições 2010.

Não sou a favor de candidatos A ou B, mas deixe o povo decidir sem maquiagens e falsos noticiários. Vejam as duas matérias que foram para o ar no dia 5 de outubro, logo após o primeiro turno da eleição presidencial, o assunto é o mesmo, mas as edições mostram as relações tendenciosas da Rede Globo em esconder os fatos, comparem e analisem:

Assim foi dada a notícia na Rede Record:

video

Já na Globo a mesma notícia foi dada desse jeito:

video

PROJETO CURSOS LIVRES 2010 / Cedic-BA


História e historiografia da África Contemporânea


A Fundação Clemente Mariani através do Cedic-BA promove a 5ª Edição dos Cursos Livres 2010, cujo tema é: História e historiografia da África Contemporânea, a ser ministrado pelo Professor Marcelo Bittencourt. A proposta do projeto está relacionada com as atividades científicas na área de Ciências Humanas, que busca difundir a sua produção entre a comunidade acadêmica. Maiores informações no telefone (71) 3243-2666.

INSCRIÇÃO: de 4 de outubro a 15 de outubro de 2010.

LOCAL: Rua Miguel Calmon, nº. 398 - Comércio.

TEL: (71) 3243-2666

CURSO: História e historiografia da África Contemporânea

PALESTRANTE: Marcelo Bittencourt da Universidade Federal Fluminense

DATA: 18 a 22 de outubro

HORÁRIO: 14:00 às 18:00

INVESTIMENTO: R$ 30,00

PRODUÇÃO: Fundação Clemente Mariani e Cedic-BA