domingo, 26 de outubro de 2008

Com a boca no mundo e a garganta seca!!!


O povo come das suas próprias fezes e bebe do seu próprio vômito... As vezes me pergunto se existe vida inteligente em nossa cidade, mas como diz o grande clichê social, “cada povo tem o governo que merece” e outro dito também confirma a ignorância popular, “quem ver cara, não ver coração...” infelizmente as pessoas ainda votam na cara do candidato e não na ideologia partidária e isto proporciona a dança das cadeiras de partido que os inescrupulosos políticos promovem para barganharem o poder, o que conhecemos como infidelidade partidária. O mais grotesco de tudo é que o povo não consegue enxergar quem é o verdadeiro traidor e falsário da política ou então preferem viver no masoquismo social que os seus opressores promovem, prefiro até acreditar na vocação alienante do nosso povo do que na redenção da miséria, mas vamos lá para mais quatro anos de declive social em uma ladeira que terá o seu fim no verdadeiro inferno astral da população. Pois é cidadãos, mais uma vez o marketing político confirma a manipulação da e informação e conhecimento do povo e demonstra que quem ganha as eleições é o mercado e não as propostas sociais.

3 comentários:

girlene disse...

O povo parece q usa aquele tipo de acessório q é usado em cavalos, para que eles apenas olhem para frente e ñ vejam os lados...
Quando acordarem, tenho certeza de q faremos a democracia e expulsar do comando pessoas corruptas e indignas q insistem em estar 'a frente do governo.
Concordo c vc e aqui vai tbm minha indignação!!!!

Hadjamá disse...

Estou aqui a aplaudir seu protesto de pé, pois, toda vez que aplaudimos alguém é pq estamos aplaudindo a nós mesmo, é uma forma de dizer que vc coaduna com a idéia expressa pelo outro. Fico indignada com o conformismo das pessoas quando o assunto é a escolha de alguém p/ governar, e como é fácil p/ os candidatos coagirem seus eleitores.

Had

Aline Araújo disse...

Caro Marighella, as vezes parece que para o povo brasiliero, quanto pior melhor!!!
isso é trágico!